quarta-feira, 5 de dezembro de 2007

Vai vento... vai...


O vento trouxe-me boas novas

Falou-me de ti e da tua nova paixão;

Invejei-a.. pois também queria ser alvo do teu coração

Falou-me do que era amar,

essa voz silenciosa que transborda alegria

e eu.. Invejei-a..

Pois em mim só existe o vazio e o sofrimento da tua falta

Malvado vento, esse vento que recorda

em mim a dor de um amor perdido..

Vento maldito, afinal trouxeste-me a angústia de já não te ter comigo..

Vento triste que te foste embora e me deixas-te apenas,

dor e solidão...

Vai ter como ele, vai, maldito vento,

pois é ainda nele que reside o meu coração....

Enviar um comentário