sábado, 31 de outubro de 2009

Caminho

O importante das etapas não foi como se fez, isto é, se agarrar aos altos e baixos do percurso, mas sim que lá se chegou...

e terá valido a pena???


não...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Para conhecer...

Esta música passa tanto na radio e não é que agora até gosto dela???

Partilho:Empire of the Sun - We Are The People


segunda-feira, 26 de outubro de 2009

A todos os portos do mundo...

Hoje carreguei o meu coração para perto do mar,
coloquei -o num baú antigo de outras viagens, forrei a papel
rosa com flores e nele o coloquei...
Recortei pedacinhos de papel e neles escrevi todas as pessoas que nele já ocuparam ou ocupam.
Escrevi com a minha melhor letra cada um dos nomes, um por um...
Dobrei-os com todo o cuidado e afinco e depositei também nesse dito baú...
rezei aos anjos para trazerem bons fluidos à iminente viagem, lancei pós
e proferi palavras de despedida..
Coloquei o baú nas pequenas ondas rasas e deixei- o ir com o meu coração lá dentro...
Ao longe o sol chamava o pequeno baú numa dança ondulante e quente.
Senti o baque da sua ausência e deixei -me ficar a ver o pequeno ponto, que ao fundo no horizonte se avistava.
Respirei fundo, virei as costas, pensei em todos os portos em que o pequeno baú poderá ir morrer e pensei para mim enquanto me afastava...
Está feito!

Parabéns Estrelinha!!!!

Estelinha, já são tantos anos que não preciso dizer o que sinto por ti e o quanto és importante enquanto aqui estiver...

Por isso hoje deixo-te um beijo enorme e que tenhas um dia brilhante como um girasol... É a flor que me lembra de ti ;)



domingo, 25 de outubro de 2009

Para rir um pouco





Por muitos caminhos que percorra, caminho sempre na tua direcção,
seja por destino ou por algo místico,
por onde tu estiveres é para lá que eu vou...
Deixo pegadas reluzentes sombreando o meu percurso,
perdem -se na imensidão de um deserto.
Areia fina que roça a pele quente,
quente de desejo, quente de dor.
Espera por mim meu amor,
deixa-me alcançar-te,
Pois mais triste que seja este caminho,
terei a recompensa de te alcançar algum dia...

sábado, 24 de outubro de 2009

O Infante - Fernando Pessoa

O ar transpirava a um um odor de desalento,
o tique taque do relógio mexia vagarosamente, como se
impedisse o tempo de andar..
Eu batia com os dedos na mesa na frustração visível,
a luz cinzenta que emanava da janela,
tornava o ambiente bucólico e invernoso.
Engoli em seco ao recordar alguns momentos...
respirei fundo e cruzei os dedos
para afastar as bruxas e os demónios..
O soalho rangeu com o aproximar dos passos atrás de mim..
è hora de colocar a máscara...
Coloca-se um sorriso, estalo os dedos e trauteio a música favorita..
Questionas -me se está tudo bem e eu com o meu belo sorriso digo-te:
está tudo óptimo e contigo?

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Asas

Queria deixar-me levar, voar no mais alto dos céus
e olhar cá para baixo com o vento no rosto,
com as minhas garras arranhar a terra de forma altiva e rude;
Olhar o sol ao mesmo nível e cantar para a lua,
pincelar as estrelas de sonhos e magia,
Era assim que queria ser...
talvez um dia,
quando o fim do mundo chegar e eu ganhar asas...