sexta-feira, 7 de março de 2008

Sussurro...


A brisa pairou ligeira com um murmúrio inesperado, um arrepio expectante que nos fecha em nós próprio e nos faz sufocar.

O tempo parede castigador, prolonga o meu sofrimento salpicando de pequenas alegrias momentâneas.. Será isto ser feliz?? Afinal do que busco? O que quero?

Desperto do nada e acordo para tudo... Já cheguei ao destino...

Volto a pensar na vida amanhã, hoje já não tenho tempo..

Vou esperar novamente por esse sussurro, pode ser que amanhã me conte o seu segredo..
Enviar um comentário