sábado, 8 de março de 2014

E porque hoje é o dia da mulher....

Convém lembrar que em muitos países a condições de mulher é quase um castigo!!!

Milhares de mulheres são violadas, violentadas, agredidas e castradas física e mentalmente por paradigmas que a nós nos parecem grotescos mas para muitos é a sua realidade do dia a dia.

Passo a citar um artigo do Expresso que podem ler aqui. E sobre ele não há muito a comentar...

"A República Democrática do Congo (RDC) surge a seguir devido, sobretudo, aos números tremendos de violência sexual registados no ocidente do país, uma zona fracamente controlada pelas autoridades.
Mais de 400 mil mulheres são violadas anualmente na RDC, números que levaram as Nações Unidas a qualificar a região como a "capital mundial das violações".
A descrição dos ativistas dos direitos humanos é brutal. Referem que os grupos de milícias atacam mulheres de qualquer idade, de bebés de três anos a mulheres idosas. As mulheres são violadas por grupos, violadas com baionetas e com armas disparadas contra as vaginas.
"As estatísticas da RDC são claras sobre a situação: guerra em curso, recurso à violação como arma, recrutamento de mulheres soldados que são usadas como escavas sexuais", afirmou Clementina Cantoni, da missão da ECHO, departamento de auxílio humanitário da Comissão Europeia.
Situação que ocorre também no rescaldo da guerra que ocorreu entre 1998 e 2003 na RDC, um desastre humanitário que causou a morte de 5,4 milhões de pessoas.

Paquistão e Índia


O Paquistão ocupa o terceiro lugar, sobretudo, devido às práticas brutais, com base em rituais tribais e religiosos, que incluem queimar mulheres com ácidos, casamentos forçados de crianças, punições físicas e apedrejamentos de mulheres.
Mais surpreendente é que a Índia, um país em vias de se tornar numa superpotência económica, apareça em quarto lugar. Uma posição que se deve ao elevado número de infanticídio feminino e tráfico sexual."

Que o Dia da Mulher sirva para pelo menos dar -mos conta da sorte que temos! Porque apesar dos problemas que Portugal têm as mulheres ainda não sofrem como sofrem outras mulheres de outros países....




Enviar um comentário