quinta-feira, 16 de julho de 2015

E afinal o que é isto do cateter ( Implantofix) ?

Mal chegaram os resultados da biópsia que fiz a minha médica marcou logo uma pequena cirurgia para me colocarem um implante.

Sexta feira passada lá fui eu, cheia de medo, para o bloco operatório colocar o tal implante. 

A pessoa deita -se na maca de barriga para cima mas com um rolo de tecido ao longo da coluna de modo a expor melhor o peito. A partir daí, olha rezei, pensava nos amigos. 

Aquilo não provoca dor, mas uma série de sensações uma vez que eles mexem em veias, cortam, cozem, enfim ficas ali de pescoço para o lado, sem ver nada, totalmente desperta e com o coração a mil. 

Num site da internet consegui informação que passo aqui a colocar:


"O cateter é um tubo especial que é inserido numa veia maior e é conectado a um reservatório que fica implantado debaixo da pele e pode ser deixado neste local por muitos meses. A utilização deste cateter facilita o tratamento quimioterápico venoso pois não é necessário fazer punções repetidas para conseguir “acertar” uma veia"
 Fonte http://cirurgia.med.br/2012/01/cateter-para-quimioterapia/




As vantagens são muitas:


  • Durabilidade (até 2000 punções).
  • Menor taxa de infecção.
  • Evita punções frequentes.
  • Conforto e mobilidade.
  • Dispensa uso de curativos.
  • Maior eficácia do tratamento, uma vez que não ocorrem episódios frequentes de flebites , trombose venosa e necrose por extravasamento da droga.

Complicações
  • Infecção.
  • Obstrução por formação de coágulos.
  • Migração ou deslocamento do cateter
  • Fonte: http://www.oncoguia.org.br/conteudo/informacoes-ao-paciente-sobre-portacath-cateter-totalmente-implantado/246/107/





No primeiro dia não é fácil, fiquei com muitas dores e mal me conseguia mexer, tudo isso mais o sistema nervoso todo atrofiado foi uma dia complicado. 


No domingo tirei os pontos e eles estão com bom aspecto e cada vez mais vou ganhando mobilidade no braço. A única diferença que sinto é quando respiro fundo me custa um pouco.

A médica disse que como sou magra sinto mais e é uma questão de habituação.

Não tenho recomendações de maior, só evito o sol, pegar em grandes pesos e tenho de andar sempre com um cartão comigo a identificar o implante. 

Será neste implante que será colocada a quimioterapia para me livrar deste bicho.


beijinhos!
Enviar um comentário