quinta-feira, 15 de novembro de 2007

O suspiro do desemprego....


Eduard Munch


Como não é novidade para muitos que me conhecem, estou desde Junho desempregada, visto que a empresa onde estava fechou. A altura não podia ser pior, pois estávamos em início de férias e nessa altura as empresas não fazem recrutamento.
Devo confessar que pensei que seria fácil encontrar um emprego, sobretudo na área administrativa, que era onde tinha mais experiência. Agora posso afirmar que essa procura tornou-se numa batalha na qual estou a perder pontos a cada dia que passa. Primeiro, porque já tirei o curso em 2004 e já há milhares de colegas muito mais actualizados do que eu, e sobretudo com mais esperança, e segundo surgiu agora um fenómeno muito giro (embora não o ache, mas pronto...) que é se me candidato a um lugar de administrativa não sou seleccionada porque segundo o que me disseram não me querem cortar as pernas e sou "mal empregada" para ser apenas administrativa. Por outro lado, se mando o currículo para uma instituição/empresa onde poderia trabalhar na área(psicologia social e das organizações) as respostas podem ser duas: se me candidato a uma empresa (área organizacional) referem que não tenho experiência e que só aceitam estágios não remunerados, ou seja escravatura de fatinho; se me candidato a uma instituição (área social) dizem que não têm verbas para me contratar, mas que posso aderir ao voluntariado.... Enfim...
Os dias estão a passar e a vontade e optimismo há muito que já foram de férias e não têm hora de regresso. Vejo que vou ter de ir para um call center andar a chatear o pessoal a vender cartões de crédito, ou afins...!! Tal como eu muitos estão na mesma situação, mas como diz o meu grande tio Fernando "pimenta no cú dos outros para mim é refresco" e é bem certo.. Com o mal dos outros podemos bem..
No fundo, o dinheiro que investi nas propinas de 4 anos de estudo, literalmente foram pelo caixote do lixo.. É o que sinto... E só não falo do tipo de trabalhos que já me apareceu e a ajuda do centro de emprego porque não quero pôr o texto mais deprimente...
Enfim, é o desabafo, que se traduz num breve e triste suspiro....
Enviar um comentário