segunda-feira, 6 de junho de 2011

O povo é sereno... Até demais...


Este domingo o povo português mostrou porque este país está como está, sem ordem, sem respeito e sem futuro.


A passarmos por uma grave crise política, social e económica a abstenção voltou a ser muito elevada mostrando que os tugas estão a cagar para o seu futuro.

Se for para invadir praças, fazer manif onde o vinho é rei e se for para falar mal, vem este mundo e o outro. Agora quando se pede para ir votar e exercer um dever e um direito cívico, os portugueses preferem as praias, os centro comerciais. E dizem: "Ah e tal não vale a pena, são todos iguais, etc".
Não me interessa, nem que votassem nos partidos mais pequenos. São aqueles homens e mulheres que vão definir impostos, decidir a nossa vida durante alguns anos.

Agora não se queixem quando isto correr mal, porque sim vai correr mal. Numa altura em que a nível social vamos sofrer as consequências de um empréstimo que não conseguimos pagar, e por isso a protecção social vai ser quase nula, o país ruma à direita...

Para mim, o PSD está sempre feito com os altos poderes económico que estão nas tintas se o  desemprego é alto. Para terem os lucros na base dos milhares de euros eles não vão se importar minimamente de despedir milhares de pessoas... Mas foi isto que o povo escolheu...

E quem faz a cama terá de deitar-se nela...

Estarei cá para ver a m* de medidas contra a protecção ao despedimento, as medidas anti crise e o controlo das grandes fugas de capitais dirigidas pelos que têm dinheiro...

Este povo envergonha-me, porque não querem saber do seu país, do seu futuro, e preferem deixar o destino num conjunto de pessoas enquanto se bronzeiam numa praia manhosa.

O cartão vermelho não vai para os políticos mas sim para todos os portugueses que não votaram (não falo daqueles que por fortes motivos não o puderam fazer, mas sim dos calões) por não acharem proveitoso..

Shame on you...
Enviar um comentário