domingo, 16 de agosto de 2009

Eu fadinha do lar me confesso..

Se há provas na vida que quando as ultrapassamos no sentimos cheios e felizes, eu acabei de passar por uma delas. Pela primeira vez na minha vida passei uma semana inteira em casa, dependendo só, mas só de mim. Para muitos isto é básico, natural ou a sua realidade há muito tempo, mas para quem sabe mais sobre mim, ou tem interesse, sabe perfeitamente que esta era uma prova importante para mim.
Os meus pais estavam de férias no Algarve e eu consegui 3 dias de férias (graças à minha chefe muito porreira), mas após isso tive de retomar o trabalho e tive que fazer tudo sozinha, e o mais importante era estar comigo mesma e lidar com o meu mau feitio.

Os meus principais receios eram à noite, com a atenção especial de ter tudo desligado e apagado e sobretudo ter as portas e janelas bem trancadas, não vá entrar lá alguém que quisesse fazer dinheiro à minha custa. Para lidar com isto, o que fiz foi logo após o jantar punha o docas ao pé de mim, trancava tudo e punha a jeito um pau que esta sempre escondido caso haja necessidade de ser usado. .. Graças a Deus que nenhum vizinho bateu à porta a precisar de algo, porque senão levava logo com uma paulada na mona...lol, mas foi tudo tranquilo.
o que gostei mais é que pude ver aquilo que queria, por exemplo enquanto jantava, nada de telejornal, mas punha as minhas séries preferidas (CSI, obviamente) a rodar e lá estava eu descansadinha da vida...Fácil, nao?E muitas outras coisas foi fazendo, as idas ao supermercados, inventar o que iria comer e levar para o trabalho no dia seguinte, o cuidar do cão, o limpar e arrumar.. enfim, estou uma fadinha do lar autêntica, exceptuando que nunca usei avental, o look acima de tudo!! E agora fazendo um balanço, o resultado não podia ser melhor, pois não tive qualquer problema de dormir sozinha, bem como me tornei uma cozinheira de mão cheia. Bem, dormir sozinha não é bem assim :), o meu Docas fez questão de me guardar e ladrar ao mínimo vento que corria na janela.
Ontem foi o retorno da família a casa e estava tudo preparado para a chegada deles e as reacções não podiam ser melhores.. Pouco a pouco a porta vai abrindo....
Por isso digo se me virem na rua e estiver com um ar diferente, primeiro tenho uma corzinha que me fica tão bem, mas tão bem que nem vos digo, e segundo, nada melhor que a sensação de dever cumprido para tudo à volta ser mais leve...

Agora veremos qual a próxima etapa...

PS - agradeço aqui a todos os amigos que se preocuparam comigo, fizeram questão de saber que estava bem e a melhor prenda que vos podia dar é esta. Um sorriso enorme por mais uma PROVA SUPERADA!!!!!!!!
Enviar um comentário