sábado, 28 de dezembro de 2013

Esta altura do ano....


Depois do Natal as festividades pedem importância para mim. Nunca achei piada à passagem de ano. Primeiro porque sempre ouvi dizer isso da minha mãe. A minha avó adoeceu nessa quadra e ela guardou más memórias da noite de passagem de ano e penso que de certa forma absorvi ideia. Depois na fase da adolescência os amigos queriam passar junto e o meu pai fazia finca pé e não me deixava sair. Resultado passei anos e anos a ter passagens de ano de merda... Ver tv, muitas vezes com o meu pai a passar pelas brasas.À meia noite fazíamos um brinde e íamos dormir...
Por isso, depois do Natal, estas festividades já não me dizem nada, até porque o ano novo não traz nada de novo se formos a ver com precisão. Serve apenas para renovar esperanças, pois acreditamos que algo recomeça quando o mesmo apenas continua...

Só quero que passe a passagem do ano para prosseguir com a vida sem estes fantasmas que me atormentam nesta altura do ano.



Enviar um comentário